DE VIRADA, GALO SEGUE INVICTO NO MINEIRÃO E MANTÉM LIDERANÇA - VAMUGALO

Breaking

segunda-feira, 5 de outubro de 2020

DE VIRADA, GALO SEGUE INVICTO NO MINEIRÃO E MANTÉM LIDERANÇA

Foto: Bruno Cantini/Reprodução


Por: Malu Precioso


Goleada. Liderança. Invencibilidade. SAMPAOLISMO! E a maior contratação dos últimos anos do Clube Atlético Mineiro: Jorge Sampaoli. 

Apesar de ter tomado um gol logo no início da partida, um misto de má-intenção do cobrador de lateral que caminhou 1/3 do campo com a bola, da falta de atenção do Réver e do belo posicionamento de Benítez, o Galo não se acovardou e partiu para cima do time carioca. 

O JOGO

A partida começou elétrica e muito movimentada, com muitas jogadas de ataque de ambos os lados. Foi apenas aos 8 minutos do 1T que os vascaínos abriram o placar. Mas, não deu muito tempo para comemorar. 

O time de Sampaoli não se deixou abalar por esse tento sofrido e, apenas 5 minutos depois, Guilherme Arana descontou com outro golaço em um chute rasteiro muito firme, sem chances para o goleiro adversário. 

Apenas 4 minutos depois, Savarino ampliou o placar em uma jogada incrível dele: o Kenaldinho! Ainda no 1T, Guga guardou de pênalti aos 29' e Keno também, pelo terceiro jogo consecutivo, marcou o dele aos 37'. 

Segundo tempo cheio de substituições, a estreia de Dylan Borrero no Brasileirão, Marrony, Savinho, Rabello e Allan também entraram no jogo. Esse último carimbou a trave no que seria um golaço, o quinto. 

Andrey, do Vasco, foi expulso, o que contribuiu ainda mais para a pressão mineira em cima dos cariocas. Apesar de ter tomado um gol no início, o Galo foi rei no seu terreiro e não tomou mais sustos. 

O Galo manteve a liderança e agora acumula 27 pontos, 5 a mais que o vice-líder Internacional.

PRÓXIMO JOGO 

Agora a atenção de volta para enfrentar o Fortaleza, no Ceará, para tentar melhorar o aproveitamento fora de casa, que é de apenas 50%. Para esse confronto, temos três ausências confirmadas: Junior Alonso, que defenderá a Seleção Paraguaia, Savarino, pela Venezuela e Alan Franco, no Equador. 


ATLÉTICO-MG 4 X 1 VASCO

Competição: Campeonato Brasileiro (13ª rodada)

Data: 04 de outubro de 2020, Domingo Hora: 20h30 (de Brasília)

Local: Estádio Mineirão

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi e José Eduardo Calza (ambos do RS)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Cartões amarelos: Júnior Alonso, Jair e Allan (Atlético-MG); Leandro Castan, Benitez e Andrey (Vasco) Cartões vermelhos: Andrey (Vasco)

Gols: Benítez (9' 1ºT) para o Vasco; Guilherme Arana (13' 1º), Savarino (18' 1ºT), Guga (29' 1ºT) e Keno (38' 1ºT) para o Atlético-MG

ATLÉTICO-MG: Everson; Guga, Réver, Júnior Alonso (Igor Rabello) e Guilherme Arana; Jair(Borrero), Franco e Nathan (Allan); Savarino, Eduardo Sasha (Marrony) e Keno (Sávio). Técnico: Jorge Sampaoli.

VASCO: Fernando Miguel; Miranda, Ricardo (Fellipe Bastos), Leandro Castan e Henrique; Andrey, Benitez e Carlinhos (Yago Pikachu); Vinicius (Marcos Júnior), Cano (Ygor Catatau) e Talles Magno (Bruno Gomes). Técnico: Ramon Menezes.


Sobre a autora:

 

@MalluPrecioso

Malu é jornalista e comentarista amadora. Acima de tudo, atleticana e amante de queijo com goiabada. Apresentadora do @OpinaGalo, conteudista e revisora no @VamuGalo_ e comentarista no @FalaGalo13. 

 

Revisado por Malu Precioso (@malluprecioso)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas