UMA DERROTA AMARGA - VAMUGALO

Breaking

quinta-feira, 10 de setembro de 2020

UMA DERROTA AMARGA


Foto: Bruno Cantini/Reprodução


Por: Douglas Araújo 


Em uma partida cheia de reviravoltas, o Galo perdeu para o Santos na Vila Belmiro pelo placar de 3x1, desperdiçando a chance de momentaneamente assumir a liderança do brasileirão. O alivinegro ainda foi ultrapassado pelo Flamengo, que chegou aos 17 pontos após vencer o Fluminense por 2x1. O Galo ocupa hoje o 4º lugar com 15 pontos.

 

Para o próximo jogo contra o RB Bragantino, o time atleticano não contará com o goleiro Rafael, expulso ainda no primeiro tempo, o volante Jair e o treinador Jorge Sampaoli, que levaram o terceiro cartão amarelo. A partida será no domingo, às 18h no estádio do Mineirão.

 

O JOGO

 

O começo de partida poderia ter mudado os rumos do que se desenrolou. Buscando aproveitar os vários desfalques do time santista, o Atlético começou partindo pra cima. Nos 15 primeiros minutos, o ataque atleticano finalizou 6 vezes contra o goleiro João Paulo, que estava em mais uma noite inspirada. Além dele, a defesa do Santos também ajudou a evitar que o primeiro gol da partida fosse do Galo.

 

Aos 15 minutos, a história do jogo mudou completamente. Mariano deu um passo errado para trás, o goleiro Rafael foi tentar recuperar a bola quase no meio de campo, mas acabou fazendo falta no atacante Marinho. O árbitro da partida Wagner do Nascimento Magalhães não pensou duas vezes e expulsou o goleiro. O técnico Jorge Sampaoli, obrigado a fazer uma substituição, tirou de campo o atacante Marrony para a entrada do goleiro Victor.

 

Poucos minutos depois, o Santos abriu o placar. Arthur Gomes arrancou, chegou na área e chutou rasteiro. Victor, que ao longo da partida se mostrou inseguro, não segurou a bola, falhando no lance. Mesmo com um a menos, o Galo seguiu tentando partir pra cima e buscar o empate, que aconteceu aos 34 minutos. Após recuperar a bola no meio de campo, Sasha puxou o contra-ataque, esperou a chegada de Alan Franco pela direita e tocou para o equatoriano empatar a partida e marcar seu terceiro gol pelo Galo no brasileirão.


APOSTE NA BETSUL E GANHE 150% A MAIS NO SEU DEPÓSITO COM O CUPOM "150BONUS"

Clique aqui e faça seu cadastro!

 

O alívio, porém, não durou muito. Aos 38 minutos, Marinho colocou o time santista de novo na frente do placar. Arthur Gomes apareceu de novo, dessa vez pelo lado direito após receber bom passe de Carlos Sánchez, cruzou para área e o atacante adversário só rolou para o gol, dessa vez sem chances para o goleiro Victor. O time da vila ainda teve um gol anulado na primeira etapa por impedimento bem marcado pelo bandeira.

 

No segundo tempo, o Atlético encontrou mais dificuldades para chegar ao ataque. Além do fator de jogar com um a menos em boa parte do jogo, a defesa do Santos passou a se recompor mais rápido quando o Galo tinha a bola para tentar o contra-ataque. Com isso, o segundo tempo passou a ser uma partida com poucas chances de gol de ambos os lados. Sampaoli ainda tentou colocar o time pra frente, entrando com Keno, Marquinhos e Hyoran, mas as mexidas pouco fizeram efeito.

 

Nos acréscimos, após uma dividida na entrada da área e revisão do VAR, a arbitragem marcou pênalti para o time da vila. Marinho foi para a cobrança e decretou os números finais da partida ao marcar o terceiro gol. Com a derrota, o Galo fechou a década sem conseguir derrotar o Santos dentro da Vila Belmiro. A última vitória lá foi em 2009, pelo placar de 3x2.

 

FICHA TÉCNICA

 

Santos 3x1 Atlético

 

GOLS: Arthur Gomes e Marinho 2x (SAN); Alan Franco (ATL)

SANTOS: João Paulo, Madson (Derick), Jobson, Alex (Wagner Leonardo) e Felipe Jonathan; Sanchez (Ivonei), Pituca e Arthur Gomes; Marinho, Soteldo e Lucas Braga

Técnico: Cuca

ATLÉTICO-MG: Rafael, Mariano, Igor Rabello, Alonso e Arana; Jair (Marquinhos), Alan Franco, Allan (Hyoran), Marrony (Victor), Savarino (Keno); Eduardo Sasha;

Técnico: Jorge Sampaoli


Conheça o autor:


@douglas_dgs93

Douglas Araújo, 27 anos, estudante de jornalismo e comentarista do podcast OpinaGalo. Atleticano desde sempre e, por onde vou, levo o Galo comigo.


Revisado por Malu Precioso (@malluprecioso)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas