NOS EMBALOS DE SÁBADO A NOITE, GALO VENCE MAIS UMA E SE ISOLA NA LIDERANÇA - VAMUGALO

Breaking

segunda-feira, 28 de setembro de 2020

NOS EMBALOS DE SÁBADO A NOITE, GALO VENCE MAIS UMA E SE ISOLA NA LIDERANÇA

 

Foto: Bruno Cantini/ Reprodução

Por: Douglas Araújo


Foi uma vitória incontestável. O Atlético novamente dominou a partida do começo ao fim, dessa vez contra o Grêmio, manteve os 100% de aproveitamento em casa sob o comando de Jorge Sampaoli, e atingiu uma marca histórica no brasileirão. O triunfo por 3x1 manteve o Galo na ponta da tabela, com 24 pontos, três a mais que o Internacional, que empatou com o São Paulo no Beira-Rio.

 

A estrela de Keno brilhou mais uma vez na noite de sábado. Com uma atuação fora de série, o atacante marcou novamente três gols e agora é o artilheiro da equipe no brasileirão com seis gols. Além disso, foi responsável pelo gol de número 2000 do Galo no campeonato brasileiro. O próximo compromisso do alvinegro será novamente no Mineirão, contra o Vasco. A partida será realizada no domingo, às 20h30.

 

O JOGO

 

Como já é de costume, Sampaoli começou a partida com alterações na escalação da equipe. Igor Rabello ocupou a vaga de Réver, que segue se recuperando da cirurgia feita no nariz, enquanto Nathan voltou ao time titular no lugar de Allan. Desde o primeiro minuto da partida, o Atlético pressionou o adversário em busca do primeiro gol, que quase saiu em uma cobrança de lateral. Guga cobrou do meio de campo e encontrou Sasha livre na entrada da área, porém o atacante acabou não aproveitando.

 

Aos 10 minutos, começou a atuação de gala do atacante Keno. Ele recebeu pela esquerda, cortou pra dentro e chutou. Paulo Victor defendeu o chute, mas não foi capaz de evitar que a bola passasse da linha do gol. Porém, o árbitro da partida e o auxiliar não viram, e foi preciso o VAR acionar a arbitragem para confirmar o gol atleticano.

 

O time seguiu pressionando, e aos 22 minutos, Keno quase marcou de cabeça após ótimo cruzamento de Savarino, mas não conseguiu pegar em cheio e o goleiro do Grêmio defendeu sem dificuldades. O Galo continuou em cima, sem deixar espaços para a equipe adversária atacar, e Savarino por muito pouco não marcou o segundo gol aos 34 minutos, o chute, porém, acabou desviando na defesa gremista.

 

O Grêmio, que até a partida de sábado não havia sido derrotado fora de casa pelo brasileirão, só chegou pela primeira vez com perigo ao gol de Everson aos 42 minutos da primeira etapa, em cobrança de falta de Robinho. Mas goleiro atleticano fez boa defesa e evitou o empate dos adversários. O fim do primeiro tempo deixou a sensação de que o Atlético poderia ter saído pro intervalo com uma vantagem maior.

 

O segundo tempo começou da mesma maneira que a primeira etapa. O Galo partiu pra cima e não deu espaço para o tricolor gaúcho, e logo aos 5 minutos Keno apareceu novamente para fazer o segundo dele e do Atlético na partida, ao receber passe na entrada da área, cortando pra dentro e chutando pro gol. A bola ainda teve um leve desvio no zagueiro antes de entrar.

 

O Grêmio chegou a ensaiar uma reação na partida, ao diminuir o placar quatro minutos depois de sofrer o segundo o gol. Em escanteio cobrado, Isaque apareceu sozinho na área e desviou para o gol, sem chances para o goleiro Everson. A resposta atleticana veio logo na sequência, com Savarino e Sasha. O venezuelano cruzou para a área e o centroavante pegou de voleio, mas Paulo Victor fez bela defesa e evitou um golaço.

 

O tricolor gaúcho tentou pressionar e chegou com perigo em outras duas oportunidades, mas não conseguiu concluir a gol. Aos 20 minutos, Keno apareceu mais uma vez para decretar a vitória atleticana. Everson, que mais uma vez se destacou na partida com seus passes, fez um lançamento primoroso que encontrou o atacante livre para arrancar em direção ao gol. Cara a cara com Paulo Victor, ele não perdoou e fez o terceiro dele e do Galo na partida.

 

Uma imagem que chamou a atenção dos torcedores nas redes sociais foi a comemoração de Everson com Victor e Rafael no terceiro gol. Os goleiros foram os primeiros a correr para abraçar o companheiro após o belíssimo lançamento que terminou em gol, mostrando assim a união da equipe.

 

O time comandado por Sampaoli ainda seguiu pressionando, mas não conseguiu ampliar a vantagem. A vitória quebrou uma sequência de quatro jogos sem vencer o Grêmio no brasileiro. O último triunfo sobre os gaúchos tinha acontecido em 2017, quando o Atlético derrotou o time gaúcho por 4x3 no Independência. Os três pontos conquistados na partida de ontem consolidou o time na liderança da competição, mesmo com um jogo a menos.

 

FICHA TÉCNICA

 

Atléico-MG 3 x 1 Grêmio

GOLS: Keno 3x (ATL); Isaque (GRE)

GRÊMIO: Paulo Victor, Victor Ferraz, Paulo Miranda, David Braz e Diogo Barbosa; Darlan (Gui Azevedo), Matheus Henrique, Lucas Silva; Robinho (Rildo), Pepê (Ferreira) e Isaque (Luiz Fernando). Técnico: Renato Gaúcho

ATLÉTICO-MG: Everson; Guga (Bueno), Igor Rabello, Junior Alonso, Arana; Franco (Hyoran), Jair, Keno; Savarino (Savio), Nathan (Allan) e Sasha (Marrony) Técnico: Jorge Sampaoli


Conheça o autor:

@douglas_dgs93


Douglas Araújo, 27 anos, estudante de jornalismo e comentarista do podcast OpinaGalo. Atleticano desde sempre e, por onde vou, levo o Galo comigo.

Revisado por Malu Precioso (@malluprecioso)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas