ATLÉTICO DESPERDIÇA VÁRIAS CHANCES, MAS VENCE CORITIBA FORA DE CASA - VAMUGALO

Breaking

segunda-feira, 7 de setembro de 2020

ATLÉTICO DESPERDIÇA VÁRIAS CHANCES, MAS VENCE CORITIBA FORA DE CASA


Foto: Bruno Cantini/ Reprodução

Por: Douglas Araújo


Foi um jogo que aconteceu de tudo. Uniformes parecidos, muitos gols perdidos, mas no fim, o Galo assegurou mais uma vitória no campeonato brasileiro, chegou aos 15 pontos em 7 partidas disputadas e se aproximou do líder Internacional, que tem 17 pontos e oito jogos.


Jogando fora de casa, o Atlético enfrentou o Coritiba, no estádio Couto Pereira. Pouco antes da bola rolar, os jogadores do Coxa reclamaram com a arbitragem que os uniformes dos dois times eram muito parecidos e poderia causar confusão ao longo da partida. Como o uniforme 2 do Galo é totalmente branco, o árbitro solicitou que a equipe mandante trocasse o uniforme, o que foi rejeitado pelos donos da casa. 


A partida iniciou com os dois times utilizando seus respectivos uniformes número 1. A primeira etapa foi de total domínio atleticano. Mesmo não fazendo um grande jogo, o time comandado por Jorge Sampaoli não deixou o adversário levar perigo ao gol de Rafael. 


Aos 18 minutos, Keno teve a primeira chance de abrir o placar, após receber o cruzamento de Savarino, mas o atacante cabeceou por cima do gol. Poucos minutos depois, Keno deu um passe para Guga na entrada da área, e o lateral encheu o pé de primeira, carimbando o travessão do goleiro Wilson. A bola ainda tocou em cima da linha antes do goleiro conseguir segurar.


Aos 32 minutos, o gol atleticano finalmente saiu. Após escanteio cobrado do lado direito, Igor Rabello cabeceou, Wilson defendeu, mas no rebote, Sasha não perdoou. O gol garantiu a vantagem do Galo na partida, que seguiu controlando o jogo na primeira metade do jogo.


No segundo tempo, as duas equipes trocaram seus uniformes, e o jogo também passou a ser outro. Tentando reagir, o Coritiba passou a partir mais pra cima, levando perigo, mas também cedendo espaços para os contra-ataques alvinegros. O Coxa teve sua primeira chance de perigo logo aos 2 minutos de jogo, mas a principal chance surgiu aos 9 minutos. Em cruzamento pra área, Rafael defendeu a cabeçada do adversário, e o rebote chegou aos pés de Sassá, que chutou pro gol. Mas Guga apareceu para salvar em cima da linha e evitar o gol de empate.


O Galo respondeu dois minutos depois. Alan Franco encontrou Keno livre pela esquerda, e fez um lançamento deixando o atacante na cara do gol. Porém, mais uma vez, Keno desperdiçou a chance e cabeceou pra fora. O Coritiba voltou a responder aos 26 minutos, mas a finalização passou por cima do gol de Rafael.


Aos 47 minutos do segundo, o Atlético teve a chance mais clara para aumentar o placar. No desespero para empatar a partida, o goleiro Wilson foi pra área em um escanteio. No bate rebate, Marrony recebeu um passe em velocidade, tentou arriscar do meio de campo, mas o chute acabou virando um passe para Savarino. Wilson ainda tentou alcançar, mas o atacante alvinegro, mesmo com o gol completamente aberto, chutou pra fora.


O gol perdido acabou não fazendo falta para a conquista de mais três pontos no campeonato, mas deixou o sinal de alerta ligado para os homens de frente do time. O próximo jogo do Atlético pelo brasileirão é contra o Santos, na Vila Belmiro, quarta-feira (9), às 21h30.


FICHA TÉCNICA


CORITIBA: Wilson; Jonathan (Natanael), Rodolfo Filemon, Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Matheus Bueno (Giovanni) e Matheus Galdezani (Igor Jesus); Giovanni Augusto (Hugo Moura), Sassá e Robson. Técnico: Jorginho.


ATLÉTICO-MG: Rafael; Guga, Igor Rabello, Alonso e Allan; Jair, Alan Franco (Bueno) e Hyoran (Guilherme Arana); Savarino, Keno (Marquinhos) e Eduardo Sasha (Marrony). Técnico: Jorge Sampaoli.


Conheça o autor:


@douglas_dgs93

Douglas Araújo, 27 anos, estudante de jornalismo e comentarista do podcast OpinaGalo. Atleticano desde sempre e, por onde vou, levo o Galo comigo.


Revisado por Malu Precioso (@malluprecioso)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas