GALO VENCE E SEGUE 100% SOB O COMANDO DE SAMPAOLI - VAMUGALO

Breaking

domingo, 16 de agosto de 2020

GALO VENCE E SEGUE 100% SOB O COMANDO DE SAMPAOLI

Foto: Bruno Cantini/Reprodução


Por: Douglas Araújo

Mesmo sem fazer um grande jogo, o alvinegro conquistou mais uma vitória pelo Brasileirão, derrotando o Ceará por 2x0 no Mineirão. Marrony marcou os dois gols do Galo, garantindo mais 3 pontos e a liderança do Campeonato.

 

Além da boa sequência no início do campeonato, o Atlético alcançou o número de 6 vitórias seguidas na temporada, todos sob o comando de Jorge Sampaoli, além de 12 jogos sem perder (última derrota foi para a Caldense por 2x1, pelo Campeonato Mineiro). O Próximo jogo será fora de casa, contra o Botafogo, quarta-feira, às 21h30.

 

O JOGO

 

Sampaoli iniciou o jogo surpreendo mais uma vez na escalação. Guilherme Arana, um dos principais destaques do time no ano, foi para o banco de reservas, e o time jogou sem um lateral esquerdo de origem. Outra alteração (que já era esperada) foi a entrada de Hyoran na vaga de Nathan, que está fora devido à lesão na coxa no último jogo contra o Corinthians.

 

Mesmo com a ausência de Arana, o lado esquerdo do Galo foi o setor mais acionado nas jogadas de ataque durante o primeiro tempo. Keno, que iniciou o jogo pela esquerda, parecia ainda sentir a falta de ritmo de jogo, errando várias jogadas na linha de fundo e tentativas de passe na entrada da área.

 

Somente na bola parada que o Atlético levou perigo ao goleiro Fernando Prass, na cobrança de Hyoran, aos 17 minutos de partida. O Ceará tentava responder nos contra-ataques, principalmente pelo lado direito da defesa alvinegra. O clube cearense chegou a assustar duas vezes, mas sem sucesso na hora de concluir.

 

No segundo tempo, Sampaoli colocou Guilherme Arana no lugar de Jair, na busca por melhorar as jogadas de ataque. O Galo seguia criando poucas oportunidades na frente, e o Ceará pouco incomodava. A única finalização na direção do gol do time adversário aconteceu aos 13 minutos com o atacante Lima, que driblou o zagueiro Réver na entrada da área e chutou fraco para a defesa tranquila de Rafael.

 

Aos 23 minutos do segundo tempo, em uma boa troca de passes, Alan Franco tocou para Marrony, que sofreu pênalti após ser puxado pela camisa. O próprio jogador pegou a bola para bater e fazer o primeiro gol do Galão no jogo, deslocando o experiente Fernando Prass. O atacante ainda teve uma chance cara a cara para ampliar o placar aos 36 minutos, recebendo um ótimo passe de Hyoran, mas o goleiro Prass evitou o gol atleticano.

 

Aos 45 do segundo tempo, o Galo quase cedeu o empate. Réver bobeou dentro da área, Charles rolou para o atacante Cleber, mas Leo Sena salvou na entrada da pequena área. A bola ainda sobrou para Vitor Jacaré, que chutou rasteiro, mas Réver chutou pra longe, afastando o perigo. O chutão do zagueiro alvinegro acabou virando um contra-ataque mortal que liquidou o jogo. Marquinhos dividiu e levou a melhor pra cima do defensor cearense, tocou na medida para Marrony, que passou pela zaga adversária e não perdoou quando chegou cara a cara com Fernando Prass. O segundo gol do atacante fechou o placar em 2x0 e garantiu o triunfo. Com o resultado, o Galo chega a 9 pontos no Brasileirão, seguindo com 100% de aproveitamento no campeonato.

 

FICHA TÉCNICA

 

ATLÉTICO-MG: Rafael, Guga, Réver, Júnior Alonso, Allan, Jair (Arana), Franco, Hyoran (Fábio Santos), Keno (Léo Sena), Marrony, Savarino (Marquinhos)

Técnico: Jorge Sampaoli

CEARÁ: Fernando Prass, Samuel Xavier, Gabriel Lacerda, Luiz Otávio, Bruno Pacheco, William (Charles), Fabinho, Lima (Victor Jacaré), Fernando Sobral (Wescley), Mateus Gonçalves (rick), Rafael Sobis (Cléber)

Técnico: Guto Ferreira

Gols: Marrony (27’ e 46’ do segundo tempo).

Conheça o autor:

@douglas_dgs93

Douglas Araújo, 27 anos, estudante de jornalismo e integrante do podcasr OpinaGalo. Atleticano desde sempre e, por onde vou, levo o Galo comigo.

Revisado por Malu Precioso (@malluprecioso)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas